Loading...

X

Acessar Laudo

Exame disponível apenas por 60 dias.

- Atendimento no setor de laudo das 8h às 12h segunda a sexta.

Polissonografia

Método diagnóstico mais adequado para a apneia do sono. O exame é realizado durante a noite inteira na clínica, onde é feito um registro de todas as variações biofisiológicas que ocorrem durante o sono por meio de eletrodos e sensores. O levantamento desses dados ajuda a garantir o melhor diagnóstico para cada caso e, consequentemente, o melhor tratamento.

Biologix (MDAS)

Exame de apneia do sono para fazer em domicílio. Na hora de dormir, basta colocar o sensor no dedo e iniciar o exame no app Biologix. Ao acordar, o resultado do exame fica pronto em segundos.

Videopolissografia

Similar a polissonografica, este procedimento permite a avaliação e diagnóstico dos problemas relacionados ao sono, porém com monitorização em vídeo, sendo também necessária a permanência do paciente durante toda a noite, avaliando múltiplos parâmetros fisiológicos.

Titulação de CPAP e BIPAP

CPAP é uma sigla que em inglês (Continuous Positive Airway Pressure), ou seja, pressão positiva contínua nas vias aéreas. O CPAP é considerado o tratamento mais eficaz e mais utilizado para o tratamento da apneia obstrutiva do sono.

O tratamento com CPAP traz diversos benefícios como:
• Melhora a qualidade do sono;
• Melhora ou alivia completamente a apneia do sono;
• Pode aliviar sintomas como sonolência diurna, estresse, ansiedade e depressão;
• Também pode diminuir e até prevenir a hipertensão arterial;
• Aumento no rendimento no trabalho;
• Alívio da sonolência causadora de acidentes de trânsito;
• Melhora a Imunidade.

Já os aparelhos BIPAP, dispositivos biníveis, possuem o diferencial de permitirem a configuração de dois níveis diferentes de pressão: uma sobre a inspiração (IPAP) e outra sobre a expiração (EPAP), esta sempre mais baixa para facilitar ao máximo a expiração, ou seja, o esforço para exalar é menor nos dispositivos biníveis.
O BIPAP é usado para tratar a apneia central do sono e apneia obstrutiva do sono grave. Também é prescrito para pacientes que têm dificuldade respiratória, doenças neuromusculares e doenças cardíacas.

Eletroencefalograma (sono e vigília) e mapeamento cerebral

Ambos os exames são indicados, especialmente, para o estudo da epilepsia, crise convulsiva e para perda da consciência de origem obscura. Conheça outras doenças em que os exames são indicados.

• Déficit de atenção e aprendizado;
• Isquemia cerebral e doenças vasculares;
• Demências;
• Doenças psiquiátricas;
• Traumatismos crânio-encefálicos;
• Cefaléias;
• Encefalopatias.

Videoeletroencefalograma

Similar ao eletroencefalograma, com registro e monitorização em vídeo. O vídeo EEG auxilia o médico a definir se as manifestações apresentadas pelo paciente são de natureza epiléptica ou não.

EEG com fotoestimulo (FEI)

É um exame que analisa a atividade elétrica cerebral espontânea, captada através da utilização de eletrodos colocados sobre o couro cabeludo, podendo ser útil em todas as idades. Através do exame, o especialista é capaz de medir as alterações e fazer as correlações necessárias com dados clínicos do paciente, levando a um diagnóstico preciso.

Eletroneuromiografia

A eletroneuromiografia é indicada para detectar o local ou o nível de lesão em um ou mais nervos periféricos. O exame é realizado por meio de estímulos elétricos, que seguem trajetos nervosos e são captados sobre músculos ou regiões próximas a nervos ou terminações nervosas. É o procedimento ideal para os vários diagnósticos.

• Traumas;
• Hérnia de disco;
• Diabetes;
• Plexopatias;
• Doenças dos motoneurônios medulares;
• Polineuropatias hereditárias e adquiridas (náuseas);
• Miopatias degenerativas e inflamatórias;
• Síndromes miastênicas.

Potencial evocado somato-sensitivo (PESS)

Analisa as respostas obtidas no cérebro após o estímulo de nervos sensitivos dos braços ou pernas. O médico assistente do paciente deverá definir os locais de realização do exame de acordo com as queixas e o exame neurológico. Podem ser realizados:
• Potenciais evocados somato-sensitivos de membros superiores
• Potenciais evocados somato-sensitivos de membros inferiores
• Potenciais evocados somato-sensitivos de quatro membros

A principal indicação deste exame é a avaliação e o acompanhamento de pacientes com esclerose múltipla e também o estudo de pacientes com queixas de alteração de sensibilidade em braços e pernas de outras causas.

Eletrocardiograma

O exame auxilia no diagnóstico de grande número de cardiopatias e outros distúrbios. São colocados eletrodos sensíveis em alguns pontos específicos do corpo que registram a variação dos potenciais elétricos gerados pelas atividades do coração.

Ecocardiograma

O ecocardiograma é um exame de ultrassom que avalia o funcionamento do coração. Os resultados são mais detalhados do que os obtidos em um raio X, além de não expor o paciente à radiação.O dispositivo capta as ondas sonoras que são emitidas por todas as partes do coração. Esses ecos são transformados em imagem e exibidos em um monitor, permitindo ao médico analisar todas as características do coração do paciente.

MAPA 24hs

O Mapa ( Monitorização Ambulatorial de pressão Arterial ) é o exame que mede a pressão arterial a cada 20 minutos durante 24 horas para a obtenção do registro da pressão arterial durante a vigília e o sono. Tem como objetivo analisar o comportamento da pressão arterial não somente durante a vigília e o sono, como também durante eventuais sintomas, como: tontura, dor no peito e desmaio.
Além disso, possibilita a avaliação de eficácia do tratamento anti-hipertensivo.

MRPA

A Monitorização Residencial da Pressão Arterial (MRPA) é uma técnica na qual se devem realizar medidas da pressão arterial em casa e levam-se os resultados ao seu médico. O ideal é utilizar um aparelho de pressão automático de braço e um manguito (a borracha que reveste o braço) de tamanho adequado.

HOLTER 24hs

O holter, também conhecido como eletrocardiograma dinâmico, grava o traçado eletrocardiográfico do coração ininterruptamente por 24 horas. O teste é indicado especialmente no diagnóstico de arritmias cardíacas, uma vez que registra os batimentos cardíacos em um longo intervalo de tempo. O médico também costuma pedi-lo quando há sintomas como desmaio, palpitação, tontura e suspeita de fibrilação atrial.

Prova de função respiratória

A prova de função respiratória é uma técnica capaz de medir a capacidade pulmonar de um indivíduo. A espirometria, como também é conhecida, é um dos mais importantes no estudo da função pulmonar, pois consegue medir os volumes, capacidades e fluxos pulmonares de acordo com os padrões de referência relativos à altura, sexo e idade do paciente.

Ultrasom vascular

Também conhecido como doppler ou ecodoppler vascular, é um exame diagnóstico que se utiliza do eco de sons inaudíveis que se refletem nos órgãos e tecidos do corpo humano e permitem a visualização dessas estruturas.
O aparelho possibilita ouvir e perceber o funcionamento adequado ou insuficiente do sistema vascular, ou seja, das artérias, veias, válvulas e eventuais refluxos sanguíneos, além de ser, hoje, o mais importante método para diagnosticar e planejar possíveis cirurgias da maior parte das doenças vasculares. Por meio dele, o médico é capaz de avaliar as varizes, as artérias e fornecer o diagnóstico das tromboses (venosas e arteriais).

Ultrasom geral

A ultrassonografia (ou ecografia) é um método diagnóstico que aproveita o eco produzido pelo som para ver em tempo real as reflexões produzidas pelas estruturas e órgãos do organismo.

Os aparelhos de ultrassom em geral utilizam uma frequência variada dependendo do tipo de transdutor, desde dois até 14 MHz, emitindo através de uma fonte de cristal piezoelétrico que fica em contato com a pele e recebendo os ecos gerados, que são interpretados através da computação gráfica.

Quanto maior a frequência maior a resolução obtida. Conforme a densidade e composição das estruturas a atenuação e mudança de fase dos sinais emitidos varia, sendo possível a tradução em uma escala de cinza, que formará a imagem dos órgãos internos.